Grey’s Garden

16 06 2009

Se o drama de Little Edie e Edith Bealer se passase nos dias atuais, digamos que seria mais ou menos assim: ambas seriam descobertas, saturadas pela imprensa até a gente dizer chega e em pouco tempo tornariam-se história comum in memorian. Ninguém condenaria Jackie O. por fazer “vista grossa” às parentes e nunca teríamos um relato tão glamouroso sobre uma situação tão decadente como a de Grey’s Garden com direito a documentário e a filme produzido pela HBO.

As passarelas já se apropiaram do estilo de Edie, incorporando lenços na cabeça e broches art deco às coleções ou seja, nada se cria e tudo se transforma. O que era velho/antigo vira febre vintage entre os fashionistas de plantão nas Fashion Weeks do mundo.

Um recado:

Drew, fofa, congratulations. Te joga no tapete vermelho porque alguma coisa me diz que você leva um souvenir para casa na noite do Oscar.

Jessica, amor… você interpretando bêbadas parece sempre estar fazendo o remake de “Um bonde chamado desejo”. Ébrias não são o seu forte, na minha modesta opinião (que não interessa a ninguém, é claro).

grey-gardens-poster

Adorei o filme e já tô louca para ver o documentário.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: